A ACPEEP divulgou hoje aos media um comunicado que visa sensibilizar para o apoio não diferenciado que o Estado atribui às crianças que frequentam Creches e Jardins de Infância de alguns estabelecimentos (dos 6 meses ao 6 anos), independentemente da sua condição económica ou social.

Num quadro orçamental para 2014 tão violento para as famílias e que o Governo apelida de seletivo no esforço e sacrifícios (cobrança de impostos, reduções de benefícios, vencimentos e pensões) entende a ACPEEP que a adoção dum simples critério que tivesse em conta a condição económica do seu destinatário (as famílias), restringindo a subsidiação apenas e/ou em função do seu grau de carência, permitiria uma poupança significativa na Despesa Pública.

pdfApoio não diferenciado na frequência de estabelecimentos sociais